Recomeços…

Esses dias, no meu caminho para o trabalho, passei por uma casa que estava sendo demolida e me deu um aperto no coração… Não sei se estava um tanto sentimental ou se já é uma certa melancolia que eu carrego, uma simpatia por coisas que são tradicionais, mas a imagem daqueles caras dando marretadas nas paredes não saiu da minha cabeça por um bom tempo…

Fiquei imaginando o que aquelas paredes já haviam presenciado… quantas risadas, quantas festas de família, quanto beijo roubado, quantas bobiças… rs
É triste pensar que aquelas paredes possivelmente eram as únicas “testemunhas” que resistiam ao tempo, ao esquecimento de pequenos momentos que formavam o todo e que agora não existem mais.

Depois eu me dei conta de que aquele espaço provavelmente vai abrigar uma nova construção… Novas paredes vão ser testemunhas de novos acontecimentos… E é assim que é: muitas vezes o antigo tem de ser superado para dar espaço para o novo… que chega com todo o seu encanto e surpresas…

De volta ao começo… Mais uma vez, estou de volta ao começo de tudo… engraçada essa vida, nos prega cada peça, nos dá cada susto na próxima esquina!

Que bela surpresa essa de estar simplesmente: VIVA!!!!!

Anúncios

Será?

Me pego pensando ás vezes no quanto eu sou idiota.
Acredito nas pessoas, confio, abro a minha vida de uma forma que talvez ninguém devesse fazer. E por isso mesmo, espero ter a mesma confiança, a mesma fidelidade de volta. É raro demais acontecer isso.
Todos – todos mesmo – guardam para si uma parte obscura da sua existência. Preferem fingir que não aconteceu a abrir a mente e o coração para um amigo.
Claro, opção de cada um e eu respeito. Como eu mesma disse, todos agem assim e eu não sou exceção.

Outra coisa que me deixa pensativa quanto ao meu modo de agir é a ética com a qual eu encaro as coisas. Prefiro o caminho mais longo, pagar as taxas, abaixar a cabeça, do que usar o jeitinho brasileiro – que eu tanto odeio.
Por uma questão que eu prefiro não comentar aqui, poderia me livrar de algumas situações só de citar o nome de um familiar. Principalmente as que dizem respeito à infrações de trânsito. Já aconteceu de passar por comandos da polícia, por exemplo e eu praticamente implorar para não usar do nome dele. Eu estava errada, não estava? Então baixa a cabeça e paga o guincho…

Não me coloco numa posição de ser melhor que ninguém. Deus que me perdoe, que trabalheira que daria fazer isso. Manter uma pose de ser a mais  qualquer coisa que for. Não quero. Sendo mediana já está de bom tamanho.

Será mesmo que eu estou errada?

Post meio nada-ver, talvez motivado pela TPM, mas estou vendo tudo tão errado hoje… Só serve para aumentar a minha preguiça eterna no Ser Humano.

 

By the way, Sexta Feira 13 hoje… Cuidado que a bruxa tá solta.. rs
bruxa

E no skype…

No meio da tarde, numa reunião de amigas no skype, uma delas levanta um assunto importante:

Royal: alguem tem uma dica pra eu terminar um namoro ?

Mayara: dica pra terminar o namoro:

Mayara: o problema n é vc, sou eu

Mayara: dica 2 – A gente n tá tendo mais tempo pra se ver, acho melhor a gente dar um tempo e refazer nossas agendas

Mayara: dica 3- vou virar freira, n posso namorar

Fernanda: dica 4 – tenho cancro.

Mayara: dica 5 – tenho cancro e gonorreía

Aline: dica 5 = vou fazer tratamento hormonal e virar homem

Mayara: dica 6 – já sou homeme

Fernanda: dica 7 – eu sou seu pai, Luke

Fernanda: dica 8 – eu sou o benjamim buton, tenho 89 anos

Verônica: dia 9 – morri, vc está falando com a minha alma, a gente se vê no paraíso, amor

Fernanda: dica 10 – eu sou você amanhã.

Mayara: dica 11 – Bjomeliga

Fernanda: dica 12 – se fudê, meu pinto é maior que o seu.

Verônica: dica 13 – bjonãomeliganemamanhãdepoisdajanta

Aline: lkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fernanda: manja?

Fernanda: isso vai pro meu blog.

Verônica: dica 14 – descobri que a verônica é o amor da minha vida

Verônica: beijão pros seus leitores, cuhh

Verônica: HUIAHIAHIAHAHAHAHUAHIHAHUAHAHAIA

Verônica: dica 15 – acessem o http://www.ninguemsabe.wordpress.com e saiba como ser uma fracassada!

É por essas e por outras que eu as amo tanto!

Carpe Diem

Essa frase, que a gente vê estampada em tudo e em todos, acabou virando tão clichê que dá até vergonha de usar… Esquecendo um pouco de todo o marketing feito em cima dela, resolvi adotar como estilo de vida.

Recebi um conselho de um amigo que, na hora, pareceu me cortar por dentro… “Viva!”, ele disse… E foi o que eu fui fazer.

Viver, com todas as confusões, com toda a bagunça mental, com todo o quero-não-quero, com tudo o que eu tenho direito. Se eu quero sentir, quero sentir hoje. Se eu quero beber, vou beber hoje – e muito. Se vou gozar (a vida, seus cabeça-suja), vai ser hoje.

Não me coloco mais prazos, não vivo mais a espera de “se´s”. Não espero mais nada de ninguém – NEM DE MIM.
Quando não se tem sonhos, expectativas, esperanças… o que vier é lucro!

E que assim seja!

Cenas de um cotidiano norótico – parte 4

Eba!! Tava com saudade desses posts no-sense!!

Hoje na hora do meu almoço fui ao banco. Precisava depositar um dinheiro e pagar uma fatura. Como sou cliente do banco, me dirigi à parte interna, para ser atendida direto na boca do caixa.
E foi aí que começou todo o problema. Meu eterno problema com a MALDITA PORTA GIRATÓRIA FROM HELL.

Porta Giratória From Hell

Como eu sempre fico travada nessas portas, já fui colocando no recipiente chave do carro e o celular e fui tentar entrar.
Travou.
“Favor colocar os objetos de metal no recipiente ao lado”.
Voltei, abri a bolsa, tirei a chave de casa e da minha sala no trabalho e tentei entrar.
Travou.
“Favor colocar os objetos de metal no recipiente ao lado”.
Suspirei. Abri os braços. Voltei, tirei o porta-níquel da bolsa e tentei entrar.
Travou.
“Favor colocar os objetos de metal no recipiente ao lado”.
Parei. Suspirei. Soltei um sonoro “caralho meu!”. Olhei para a cara do filho-da-puta do guarda. Ele fingiu que trabalhava, com a sua cara de malvado e seu salário de merda, fazendo os idiotas passarem por constrangimento.
Com a minha uma hora de almoço e com o meu prazo para pagamento já expirado, mandei tudo às favas e fui fazer o procedimento todo no caixa eletrônico, onde ia demorar mais, mas eu não seria impedida por frescura de ninguém, ou de nada.

Nessas horas que eu gostaria de ser um tanto, mas só um tantinho mais impulsiva do que eu já sou e dar uma de Dona Jura, viu? Jogar o conteúdo inteiro da bolsa no chão, tirar a roupa e ficar pulando pelada em frente à porta giratória.

Se ainda assim travasse e aquela voz maldita dissesse: “Favor colocar os objetos de metal no recipiente ao lado”, eu começaria a cantarolar: “vai tomar no koo, meu fígado é de aço!! lalala!!! vai tomar no koo, meu fígado é de aço!!! lalala!!!”

* E o pior de tudo é que tudo escrito nesse post é verdade, contrariando a categoria do “cenas…” *

I´m still alive

ôpa, sumi mas voltei agora pra ficar porque aqui – aqui é meu lugar

Depois das férias entrei num pânico de não conseguir ser bem sucedida na nova função do trabalho e… Ah é!!! Esqueci de contar isso! hihihi
Deixei para contar só quando já estivesse tudo certo e agora vai: no final do ano passado surgiu a oportunidade de mudar de função no trabalho, mudar para o departamento que tem mais a ver com o meu curso. Explico: na faculdade onde eu trabalho – e estudo – existe um convênio com a OAB de assistência jurídica gratuita e eu estou trabalhando lá, como secretária, mas mesmo assim tenho acesso aos processos, posso aprender muito lá e isso me animou bastante, nem pensei duas vezes quando da mudança.

Agora que já estou um tanto mais familiarizada com a função, com o que eu tenho que fazer lá me tranquilizei e posso voltar a postar aqui. 🙂

Ontem eu estava vendo TV e tive um insight. Gente, já viu como é fácil ficar linda, magra, ter amigos animados, visitar lugares lindos e além de tudo isso, ter dentes brancos? É só usar Colgate! Até procurei no you tube  a propaganda que prova tudo isso, mas não encontrei. Um dia eu vou entender a ligação entre corpos sarados e dentes brancos coexistindo na mesma propaganda… anyway.

Beijos!!

2009 êêêêêê!!!

Começou o ano novo! Tantas coisas que eu espero dele que nem sei se 365 dias serão suficientes… Mas é só fazer mais de uma coisa por dia que dá certo!

Passei a virada de cinza (preto + branco) e de “roupa de baixo” vermelha. Assim, trago sorte para o Corinthians e para a minha vida amorosa. kakaka

Estou postando pouco por estar de férias do trabalho, fico pouco em casa, e quando estou aqui eu durmo. É tão raro eu não ter nada pra fazer que preciso aproveitar esses dias…

O que eu tenho a dizer, por mim é:
2009, a largada foi dada : surpreenda-me!!!

Happy New Year!