Eu comi pão estragado. Pior que eu achei que aquilo era super normal.

Ok, Explico… Embora eu viva dizendo que estou ficando louca, dessa vez eu achei mesmo que era uma coisa super normal o que eu estava fazendo. Sou irmã caçula de duas mulheres lindas e magras, como vocês podem ver na foto abaixo, tirada no meu aniversário desse ano.

neferlauAline, Fer e Lau

Ok, ok. Apesar de magra, a Aline vive com síndrome de patinho feio, se acha gorda e tal. E quando isso acontece, ela enche os armários de casa de pão integral, queijo branco com não sei o que lá, iogurte natural… A maioria das coisas apodrece porque ela não come, mas essa parte a gente pula.

Semana passada ela viveu o mais recente surto. Comprou os já tradicionais pães integrais e largou lá. No dia seguinte de manhã vamos tomar café juntas e lá estava, na mesa, um pacote de pão de fôrma integral.

Pão bronzeado

A fatia era escura, cheia de negocinhos que pareciam sementes, que eram fibras de não sei o que. Bom, comi, não gostei, pretendi não comer de novo e fui trabalhar. Tudo normal.

Uns dois dias depois, o pão bronzeadinho tinha acabado e ela abriu outro. Dessa vez, o sabor era “ervas”. Nesse dia nós não tomamos café juntas porque eu estava atrasada, peguei um pouco de café preto numa xícara e fui embora tomando. Ou seja: nem ví a cara do dito cujo do pão.

Pão VerdinhoPassou alguns dias, ela abandonou a idéia do regime e o pão ficou lá. Um belo dia eu voltei de algum lugar (nem me pergunte onde porque eu realmente não lembro) e estava com fome. Fui vasculhar o armário e tinha o pão da Aline lá. Pensei comigo, “vou experimentar”! Fiz um lanchinho lá de pão, queijo e presunto e mandei pra dentro… Gostosinho até… Branquinha a fatia, com uns pedacinhos mais verdinhos. Comi e dormi satisfeita como um bebê gordo.

No dia seguinte, acordo, tomo banho e vou para a cozinha confraternizar com os familiares e o saco do pão de ervas está em cima da pia, perto do lixo. Me senti ofendida com tamanha falta de noção higiênica e já arrumei briga: “pô Aline, esse pão ae do lado do lixo meu… tira isso daí sua porca!”

E é nesse momento que ela me fala: “Fer, esse pão tá podre, cheio de mofo, por isso que tá lá”.

Lição gastronômica importante 1: Não é porque o pão light integral é moreninho que o pão light de ervas tem que ser verdinho;

Lição gastronômica importante 2: Não coma nada que você não conhece antes de ver alguém comendo.

Eu e meu organismo passamos bem.
Qualquer coisa é só ligar para o Dr. House.

Anúncios