Eu não sou linda, nem magra, nem exuberante.
Não sou brilhante, nem quero ser.
Não sou exemplo pra ninguém, não sou mais nada além do que posso ser.

Mas os meus pensamentos, as minhas opiniões e atitudes nascem do meu coração e da minha cabeça. Ninguém dita as minhas falas, ninguém me diz como devo me portar ou me sentir e não me sinto na obrigação de sorrir para alguém simplesmente porque aquela pessoa tem alguma coisa ($$) para me oferecer.

Sou eu, com meus defeitos físicos (celulites, estrias, gorduras localizadas) e de personalidade (teimosa, briguenta, chorona). Mas sou autêntica e única.Me recuso a ser mais uma na multidão, não fui feita em molde e nem quero ao meu redor quem é assim.

Já dizia a música: “quem sabe de mim sou eu… AQUELE ABRAÇO!!!!!!”

Anúncios