Bom, quem me conhece ou lê o blog à algum tempo sabe que sou corinthiana maloqueira sofredora, oriunda da Zona Leste de São Paulo (Itaquera), que adoro assistir os jogos na TV (ainda não consegui ir no estádio. Ainda), hábito esse que adquiri com papai desde os tempos de molecóta.

Por sorte (ou seria escolha mesmo?) minhas melhores e mais próximas amigas dividem comigo tanto o bom gosto para time quanto o gosto de assistir aos jogos e toda vez que o Todo Poderoso entra em campo lá vamos nós, formar a nossa corrente fiel.

Como boas torcedoras que somos, sabemos o que é impedimento (assumo que eu sempre acho que não foi, a não ser quando é com o time adversário), xingamos o juiz e berramos GOOOOL a plenos pulmões. E somos, também, altamente supersticiosas.

Quando nos juntamos para ver os jogos, temos umas manias meio… hã… estranhas. Por exemplo, temos uma posição meio definida para sentar na mesa do bar, até dar sorte. Depois que sentou não levanta mais, a não ser que a outra “esquente” a cadeira segurando com a mão (sabe como é, cerveja dá vontade de fazer pipi). E se usou uma roupa que deu sorte num jogo, é legal usar ela de novo (e quando dá azar, a roupa é banida por uns tempos).

Ontem fomos assistir ao jogo do Corinthians x Botafogo, passamos um nervoso absurdo e eu estava com a minha camiseta roxa (a que eu uso na foto abaixo, em outra ocasião). Aí, o que acontece? O Corinthians perde. Pois é… Sábado tem jogo, quarta tem outro e a roxinha está banida… Ainda bem que é por uma boa causa…

 
        Sônia, Fernanda e Verô                                 Verô e Fer

Ainda bem que eu ganhei de aniversário do pessoal uma camisa nova no meu aniversário e que ainda não usei!!! Ótima oportunidade!!!

Beijos para todos, um excelente feriado!!!

Anúncios