Hoje, 04/04, nascia a 4ª filha, a 4ª neta, no 4ª andar, há 24 anos, munida de 04 nomes: Maria Fernanda Sartori Horta!
E eu, que há conheço há 4 anos, diretamente do Ninguém Sabe [porque a propaganda é a alma do negócio] venho até aqui dizer [infelizmente não só pela 4ª vez hoje] que hoje é aniversário dessa presente maravilhoso que Deus nos deu.

Infelizmente o Corinthians não pôde presenteá-la com um 4 a 0, mas  se analisarmos bem o resultado do jogo de hoje [2×0], concluíremos que 2 é múltiplo de 4 e então tá tudo certo.

Deixando todos os 4 de lado, fico feliz em estar aqui agora, mesmo que ela possa alegar invasão de domicílio, para dizer à todos os freqüentadores do “Por que não?” que essa menina foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida.

Se alguém um dia esperou poder ter uma pessoa para todas as horas, para poder contar as piores besteiras que você já fez [e tomar uns esporros, tá?], pra poder chorar pelas coisas mais idiotas que possam causar lágrimas em alguém [e tomar mais esporros ainda] e depois rir de tudo e pensar que os esporros tomados foram muito mais importantes, aí está ela: a nossa aniversariante!

Me sinto verdadeiramente honrada de ter uma pessoa como essa por perto e me orgulho em dizer que tenho duas famílias: a dela e a minha [morram de inveja, ok?]

E hoje todos sabíamos que a segunda intenção era assistir ao jogo [excelente a propósito], e cada segundo contado no relógio parecia uma eternidade até o relógio marcar 0:00 e podermos cumprimentá-la.

Acredito que ao lado dos amigos não precisamos de mais merda nenhuma [peço perdão pelo palavreado, mas nada poderia expressar tamanha felicidade – fiquei um tempão pensando na palavra e essa ainda não expressa tudo aquilo que eu quero] e é assim que me sinto ao lado dela.

Depois do parabéns, em alto e bom tom, para o Moço lá em cima poder ouvir e jogar Suas bençãos; depois do abraço coletivo, me senti na obrigação de abraçá-la e ao som de Roxette dizer o quanto ela é especial pra mim e isso é fácil como dizer EU TE AMO. As palavras brotaram, vieram explodindo dentro de mim, fazendo mais movimento que um litro de água com bicarbonato de sódio [nossa, como isso foi gay!]

Poderia passar a madrugada aqui falando, falando, falando, falando e NUNCA NINGUÉM entenderia o que é ter uma amiga de verdade como a que eu tenho e o quanto estou feliz por estar mais um ano presente na vida dela e tendo a oportunidade de desejar publicamente o que a desejo todos os dias: muita saúde, paz, amor, alegrias eternas e um novo fígado [para que possa aguentar a quantidade de alcool que a gente ingere].

E colocando um fim na rasgação de seda fico por aqui, mais uma vez desejando a essa menina-mais-linda-desse-mundo todas as felicidades do mundo e que o Papai-do-céu continue a iluminando e nunca separe a gente!

E lá vai uma foto que eu amo: nós 6 [ela, eu, eu, ela, Fernanda e Verônica]

êÊêÊêÊê

Anúncios