Demorou para aprender, mas agora acho que sei como lidar com ela.

Seja ela dor de barriga, saudade da minha terra, mágoa de miguxa, unha encravada, menstruação atrasada, cuticula inflamada.
Dor de corno, coração partido, rejeição, queimadura de 3º grau, dor de dente, término de relacionamento, vontade de fazer pipi…

Qualquer que seja o tipo da dor, ela existe para ser EXORCIZADA e não ETERNIZADA.

Por outro lado, acredito que ela deva ser sentida em sua totalidade, para que nada fique mal resolvido. O que não pode é se colocar no lugar de vítima do mundo como eu já me coloquei algumas vezes porque essa postura não vai melhorar a vida de ninguém, pelo contrário.

Tem dia que o sorriso sai rasgado, solto.
Em outros, parece que dói para conseguir sorrir, ele se sustenta falso, parece pesado. Mas tem que estar lá!!! Não é fácil, mas a gente guentaaaaaa!!! 😉

Simbora ser feliz, meu povo!
Vamo que vamo!!!!

Beijos!!!!!!!

– Post dedicado ao meu xuxu. Te amo pequetita –

Anúncios